quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

MAN Ackerdiesel C-40 1956

- Depois do Hanomag R45 e do Lanz Bulldog, vou mostrar a reforma do trator MAN modelo C-40 do ano de 1956, reformado neste ano de 2010. Este é um trator alemão com motor de quatro cilindros a diesel, e possui o diferencial de ter tração nas quatro rodas o que destacava o trator dos demais, principalmente na década de 50.


- Este trator foi comprado na revenda Agromotor S.A. em São Paulo, certamente no ano de 1956, por um agricultor da cidade de Pindamonhangaba-SP, dono de uma fazenda que produzia arroz. Tanto que o trator MAN foi comprado justamente para isso: por possuir tração 4x4 seria usado para arrastar as carretas no banhado de arroz. O trator funcinou, porém o que não funcionavam eram as carretas que após carregadas afundavam na lama, e somente anos mais tarde começaram a aparecer os pneus apropriados para este tipo de solo, segundo contou-me o dono da fazenda. O trator também foi muito usado parado tocando uma trilhadeira de arroz através da polia do trator e correia.

- O primeiro passo na reforma do trator foi abrir o motor pois ele não estava funcionando. Após aberto, as camisas do cilindro foram trocadas, assim como novos anéis do pistão. Os pistões foram mantidos os originais. Foram refeitos também os bicos injetores e a bomba injetora ambos Bosch. No resto o trator estava bem inteiro, só necessitando troca de alguns rolamentos e retentores e pequenos reparos.

- Depois de pronto e funcionando foi hora de revisar a parte elétrica e após tudo pronto, desmontá-lo parcialmente para pintura. Antes de pintar, grande parte das peças foram jateadas para eliminar ferrugem e várias camadas de tinta antiga. A cor verde com detalhes brancas foi feita conforme os tratores originais. O trator ganhou também dois pneus dianteiros com desenho de tração usados porém em bom estado, que são difíceis de encontrar na medida original aro 20.










5 comentários:

Anônimo disse...

Cara gosto muito deste tipo de post.
Pela difuldade em se fazer uma restauração, o dono merece
parabéns!

Marcelo.

EDUARDO MINSSEN disse...

Gostei de ver o trabalho do Otávio Peixoto de Melo, o Maragato, velho índio de Cachoeira do Sul a quem eu chamo de "Posteiro do Piquiri".

Hiroyuki disse...

Que saudade desse trator, meu pai teve esse modelo em 1960 em Tomé-Açu Pará para desmatar selva Amazônica (na época era permitido rs,rs)para plantação de pimenta do reino na região.
Lembro que no lado direito havia caixa de ferramentas onde alojava compressor de ar para ser acoplado na frente do trator, macaco chave de rodas, bateria etc..)também na traseira tinha guincho com cabo de aço de 1 pol. 100 metros,
Parabens abraço

sebastian vio estay disse...

Hola, donde pudo comprar las piezas que faltaban?

sebastian vio estay disse...
Este comentário foi removido pelo autor.