quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Histórias: O trator que transportava mudas



"Por mais de duas décadas, meu pai trabalhou como condutor, de um trator que puxava uma carreta imensa, carregada de caixas de mudas de pinheiro e eucalipto.
Sua função, era ir buscá-las, em um bairro chamado Foresto, onde uma incubadora imensa, servia de berçario a todas as mudinhas. De lá elas saiam devidamente acomodadas em caixas, e eram por ele, conduzidas para áreas imensas de reflorestamento, de uma das maiores companhia de papel, que existia naquela época.

Eu, me lembro que, saia correndo para a rua, quando ouvia o ronco barulhento do trator que meu pai conduzia.
Me sentia muito importante, em minha simplicidade de menina do interior, quando ele me deixava subir ao lado dele, e passear alguns poucos quilômetros no famoso trator.
Ao lado de meu pai, em cima do barulhento veículo, fui muitas vezes, levar as tenras mudinhas de árvores de natal, como eu sempre as nominava, de uma vila pra outra. E quantas frutas apanhava nesses deliciosos passeios.
Ariticu, que hoje conheço por fruta do conde, era uma que, trazia dessas andanças, amoras vermelhas, pitanga, ameixa amarela, carambolas, e muitas mais, dependendo da época do ano.

Hoje, fico pensando, na bela profissão, que teve o meu pai. Transportava as pequeninas mudas, que com o passar do tempo, seriam imensos pinheiros ou eucaliptos.
Com sua função excercida durante longos anos, contribuiu para que muitos cadernos e livros, chegasse as mãos de tantos estudantes desse imenso Brasil.
Afinal, quem de minha geração, não escreveu as primeiras lições da escola, em um caderno fabricado pela Companhia Melhoramentos!"

Crônica do pseudônimo Lenapena, via: Recanto das Letras

- Na foto, meramente ilustrativa, o leitor do blog sr. Rodolfo Podsiadlo e seu trator, igual ao que é citado na crônica. No caso, um alemão, marca Lanz Bulldog, tema deste post do blog: Fotos Antigas: Trator Lanz Bulldog em Tapiratiba

Nenhum comentário: