sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Comemoração dos 15 anos da CBT

- Aqui estão algumas propagandas da época em que a CBT comemorou seus 15 anos de vida. "Fortes, ágeis e versáteis", assim eram os CBT!




CBT: 1975 - 15 anos. Vou contar uma história:

- Depois de sua fundação em 01 de setembro de 1959, a CBT fez um acordo operacional com a Oliver Corporation, no qual passou a fabricar em nosso país o seu primeiro trator, o CBT-Oliver, baseado no Oliver 950. A Oliver Corporation, produziu o Oliver 950, ademais dos modelos 990 GM Diesel e o 995 GM Lugmatic Diesel, de 1958 a 1961.

- Eram cerca de 200 tratores produzidos e a CBT nacionalizava o CBT-Oliver. A empresa apresentou em 29 de dezembro de 1960, seu primeiro trator, o OLIVER 950, cuja produção iniciou-se em junho de 1961.
Segundo alguns estudiosos em história, o trator completamente brasileiro que se fabricava, foi o CBT-1020 em 1962. A sua fabricação encerrou-se em junho de 1968, quando o seu motor Mercedes-Benz (de 78,9 hp) foi substituido pelo Perkins 6340 (de 89,7 hp).

- Em junho de 1968, surgiu o CBT-1090: a mais pesada e possante máquina nacional. Um fato curioso é que a CBT foi substituindo o motor Perkins por outro da mesma marca e, de igual potência, portanto com tecnologia superior. Baseado nessa mudança, surgiu o CBT-1090A.

- Em 1970 veio o CBT-1000. Um trator de motor Perkins de 53,7 hp.. Foram vendidos cerca de 4000 unidades do CBT-1000 em apenas 01 ano e 06 meses. Essas vendas se deram logo em seguida ao seu lançamento.

- Atualização de seus produtos, bem como seu aperfeiçoamento, foram feitos nos CBT-1090A e CBT-1000, mesmo após de sua aceitação pelo comprador. Por exemplo, o CBT-1000 recebeu motor de injeção direta em substituição ao motor de injeção combinada.

- Em 1972, a CBT apresentou ao mercado o CBT-1105 com motor Mercedes-Benz de 98,6 hp.. No ano seguinte, em 1973, veio o CBT-1065 de 64,1 hp.. O CBT-1065 era um trator médio de motor Mercedes-Bens.

- Em 1975, a CBT completava seus 15 anos de Brasil, desde a fabricação do primeiro trator. Em abril de 1976, apresentou o CBT-2400. Era uma máquina incrível amigo, de 118,3 hp e de 4 cilindros.

- Além de máquinas agrícolas, no mundo da construção, fabricou no Brasil, a raspadeira (scraper), modelo SS-650. Essa máquina foi apresentada no mercado em 1975.

- Até 1976, a linha da empresa compreendia pelos 06 modelos de tratores (CBT-1000, CBT-1065, CBT-1090A, CBT-1105 e CBT-2400), além da raspadeira (SS-650).

- Do início de suas atividades em 1959, no município de Ibaté-SP, fabricando peças e motores, representando e montando os tratores da Oliver Corporation (em 1960), que então, se tornou Oliver-CBT, a empresa inaugurou em 1961 sua nova fábrica em São Carlos-SP.

- Vieram então os primeiros testes com um trator movido a álcool, realizados em 1979, com os modelos CBT-2100 e CBT-2105, equipados com motor Dodge V8 de 112 hp. Em 1980, desenvolveu o CBT-3000, que entrou em comercialização em 1982, juntamente com o modelo CBT-3500.

- Projetos de aeronaves, denominada RPV (BQM-1BR), vieram em 1982. Infelizmente, a empresa acabou abandonando o projeto, devido o fim do apoio de órgãos governamentais. Fabricou também o Jeep Javali, segundo carro criado e desenvolvido no Brasil. Por ser um projeto próprio da fábrica, ele acabou tendo um custo elevado para a mesma. Segundo pesquisas, o Javali havia sofrido grandes atrasos quanto da sua construção, iniciados em 1987, e desde então, sem previsões de seu lançamento. Em 1988, em fase de protótipo, a empresa antes mesmo de iniciar a produção, havia vendido 270 jipes. O Javali lembrava o saudoso Jeep Willys-Ford (1957 - 1983). Com tanque de 60 litros de diesel, pesando 1650 kg, o Javali tinha comprimento de 349,5 cm; largura de 180,7 cm; altura de 180 cm, sendo a altura mínima do solo de 24 cm. A capacidade de carga era de 750 kg e possuia motor turbo diesel 3.0 de 82,8 hp.

- O Jeep Javali era semelhante aos tratores, quanto de sua fabricação (mecanização) e com isso tinha seus defeitos (barulho e fumaça em excesso) e qualidades (motor turbo diesel). "É um jipe de serviço. Mas não precisava ser tão barulhento" - dizia a imprensa. A produção iniciou-se em dezembro de 1988. Uma nova indústria automobilística nascia no Brasil - CBT. Até fins de maio de 1990, haviam sido produzidos 750 veículos. Segundo consta amigo, em 1994, encerrou-se a fabricação do mesmo.

- Vale lembrar que até meados de outubro de 1987, a CBT estava mergulhada numa fase difícil. A empresa estava individada. O socorro veio pelo BNDES, dentro do programa de socorro a grandes empresas, recebendo um empréstimo de US$ 40 milhões. A empresa saiu da crise e lançou o jipe (o Willys foi o inspirador).

- A CBT encerrou suas atividades em 1995. No local, funciona o Centro Tecnológico da TAM e o Museu Asas de um Sonho, ademais do Aeroporto de São Carlos (construído pela própria CBT, que é denominado Aeroporto Mário Pereira Lopes e foi totalmente remodelado).


quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Trator MAN do Museu de Caçapava-SP

- Dizem que uma boa notícia sempre vem junto com outras...  e foi o que aconteceu esses dias. Depois do desenrolar de toda longa história do Museu de Automóveis de Caçapava-SP, fundado pelo sr. Roberto Lee, e que estava fechado havia uns 30 anos por questões judiciais, recebi do Songa a notícia que o museu em breve estará aberto novamente, agora pela Prefeitura Municipal, e que lá tem também um trator, dentre os vários carros do acervo.

- O trator em questão é um MAN Ackerdiesel (provavelmente) modelo C40. O ano irei confirmar, mas deve ser 1956 - 57. Pela foto podemos ver que está bem completo, faltando os faróis e algum outro detalhe que não dá para conferir com a foto. 

- O museu também possui o único exemplar do Brasil do famoso carro Tucker Torpedo, o qual teve apenas 50 unidades fabricadas. Não longe dele está o tratorzinho MAN, com poucas unidades restantes no Brasil e 500 unidades produzidas deste modelo igual ao do museu.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Vídeo: Tratores Antigos em Maracaju - MS

- A ASCOMAR de Maracaju - MS já foi tema do blog nesta postagem: Tratores Ascomar.

- Agora coloco aqui o vídeo dos tratores da Associação, que estavam em exposição na última Feira de Agronegócios de Maracaju.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Vídeo: Coleção de tratores antigos

Coleção de tratores antigos das mais variadas marcas no Brasil.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

CBT - O começo de sua história...

- Postado como comentário no blog, as informações abaixo vieram novamente do Edson, responsável pelo blog  Máquinas e Equipamentos Pesados.

- Irei atualizar esta postagem seguindo uma ordem cronológica e tentar contar do início ao fim a história da CBT - Companhia Brasileira de Tratores. Para tanto... aqui vai o início de sua história:




A CBT - Cia Brasileira de Tratores, tinha como acionistas as Indústrias Pereira Lopes, além da Oliver Corporation e Mesbla S.A., que organizaram a empresa, com um capital inicial de 20 milhões de cruzeiros, podendo ser elevado para 1 bilhão, dos quais US$ 700 mil constituídos no investimento estrangeiro trazido na forma de maquinaria americana da Oliver.

Para a fabricação dos tratores, a empresa construiu sua fábrica em São Carlos, numa área de 450 mil m², tendo 17 mil m² cobertos e planejava até 1961, construir 4 grupos de pavilhões de 66 mil m² cada. 

A empresa apresentou em 29 de dezembro de 1960, seu primeiro trator, o OLIVER 950, cuja produção iniciou-se em junho de 1961.


O OLIVER 950 era um trator de potência de 75 hp com 1800 rpm e 65 hp na barra de tração, motor Perkins Diesel, 6 cilindros, 4 tempos, arrefecimento sob pressão, lubificação forçada e regulador centrífugo de velocidade.


Ele tinha 6 marchas à frente e 2 à ré. Sistema elétrico de 12 volts, motor elétrico de arranque direto no Diesel e dois faróis diateiros e dois traseiros. Destacam-se também: 4000 kg de peso operacional, comprimento total de 3,61m; largura de 3,15m; altura de 1,85m e distância entre eixos de 2,03m.

Na área de construção, a empresa fornecia as pás-carregadeiras sobre esteiras, modelos OC-126 e OC-156.



- A Companhia Brasileira de Tratores (CBT) foi fundada em 1959 no município de Ibaté fabricando motores e peças além de representar e montar tratores Oliver. Em 1961 inaugurou sua nova fábrica no distrito de Água Vermelha, no município de São Carlos para montagem dos tratores CBT e encerrou suas atividades em 1995.

- A Companhia Brasileira de Tratores foi uma das maiores fabricantes de tratores da América Latina, exportando seus produtos para os Estados Unidos, Japão, México, Austrália e Argentina além da América Central.

- No ano de 1982 a CBT começou a desenvolver um projeto de uma aeronave, que não foi concluído pelo fim do apoio governamental. Entre 1990 e 1994 a CBT fabricou o Javali, sendo o segundo carro totalmente fabricado no Brasil e por se tratar de um projeto próprio o custo de produção era elevado. O Javali utilizava mecânica de trator, produzido na própria CBT, e possui alguns defeitos, como a fumaça excessiva e o barulho, mas também trazia qualidades, como motor turbo diesel que ajudava nas trilhas mais pesadas.

- No ano de 1995 a Companhia Brasileira de Tratores foi à falência por causa da "abertura econômica" iniciada no governo Collor e concluído no governo FHC que extinguiu a proteção à industria automobilística nacional. Hoje no local da antiga fábrica funciona o Centro Tecnológico da TAM e o Museu Asas de um Sonho.